GENGIBRE

Gengibre – Zenziber officinallis – é muito empregado em diversos males do organismo, entre eles azia, má digestão, enjoo, gastrite, resfriado, tosse, pressão alta, dores musculares, artrite e problemas de circulação.

Por isso, possui as propriedades: anticoagulante, vasodilatadora, anti-inflamatória, analgésica, digestiva, antiespasmódica e antipirética.

O gengibre é uma raiz, com sabor apimentado, muito usado no preparo de diversos alimentos, sendo que com isso o sal pode ser em menor quantidade. Não use sal em excesso se for aplicar gengibre em seus pratos.

Chá de Gengibre

O chá de gengibre é muito apropriado para resfriados e dores de garganta, bastando fazer gargarejos de água morna com pedaços limpos. E também pode ser feito o chá para ser bebido durante o dia, fervendo alguns pedaços dessa raiz, coando e esfriando antes de ingerir.

Compressas de Gengibre

Também as compressas de gengibre para reumatismo são aconselhadas da seguinte forma: rale o gengibre e aplique sobre a região com dor. Em seguida, cubra com uma gaze ou pedaço de pano limpo, deixando agir no local por, mais ou menos, 20 minutos. Se quiser, repita a operação novamente algum tempo mais tarde.

Efeitos Colaterais

Entretanto, o gengibre tem seus efeitos colaterais, que podem ser dores estomacais e sonolência. Porém, isso acontece quando é utilizado excessivamente.

Pessoas que usam anticoagulantes, com pressão alta, mulheres grávidas, essas devem ter muito cuidado ao ingerirem gengibre, pois pode trazer alguns transtornos à saúde.

Recomendações Medicinais

Ainda assim, muitos médicos têm recomendado o gengibre para quem sofre de artrite, bursite e tendenite. E ainda é um excelente aliado contra a caspa (Malassezia globosa), que é um fungo que vive na pele humana, causando coceira e descamação. 

Para tratar desse problema, existe uma dica muito boa. Pique ou rale um pedaço de 8 cm de gengibre. Coloque numa panela com quatro saquinhos de chá de camomila e um litro de água. Cozinhe em fogo brando, coberto, por 15 a 20 minutos. Deixe o chá esfriar e depois coe. Após lavar com xampu, massageie ½ ou uma xícara (dependendo do comprimento do cabelo) no couro cabeludo por alguns minutos. Não enxágue. Você pode guardar o que restar do chá na geladeira para a lavagem seguinte.