Os critais de murano

Os critais de murano

 

Os cristais de Murano são originados e tratados de forma muito especial em vidro de sílica. Em Murano, um pequeno arquipélago na Itália com 7 ilhas, são elaboradas as belas artes que tanto valorizaram a região.

Ao pensarmos em vidro de Murano, geralmente relacionamos os incríveis pingentes de vidro que quase só se vê em Veneza. Visitantes de Veneza gostam de voltar para casa com um pingente do belíssimo cristal, criado à mão de maneira artesanal até os dias de hoje.

As hastes finas ou bastões de vidro colorido são chamadas de murrine. Essas fatias de murrine se fundem muitas vezes, constituindo o “millefiori” ou “mil flores”, que deriva da variedade de estampas florais e formas geométricas presentes dentro da vareta de vidro. A utilização dessas varetas podem ser encontrados em bacias e vasos ao longo da história da Roma Antiga, dos fenícios e nos tempos de Alexandria.

 

COMO CRIAR UMA JOIA EM MURANO?

Na fabricação de um pingente, por exemplo, é necessário criar as varetas faladas antes. Cada vareta é feita de sílica e corantes químicos formando um desenho intrincado quando aquecida no forno. A haste é então reaquecida e esticada para gerar a forma transversal perfeita do desenho original. Isso vai depender da criatividade do artista e dos objetivos para os fins desejados.

Uma vez que a vara esfria, é cortada em pequenos discos. Cada uma das seções de vários pequenos bastões ou “mil flores” então são partidas e, de artisticamente colocadas em anéis metálicos de diferentes formas e tamanhos. Tudo isso realizado de maneira artesanal, produzindo um efeito totalmente inusitado.

Esses designs podem ter a forma de coração, cruz ou círculo simples. As peças são, para tanto, fundidas para formar o pingente. O mosaico é áspero ao sair do forno. Depois passam por um processo de alisamento e polimento para tornarem-se com um acabamento brilhante. A criação será completada quando enquadrada num cenário de ouro ou prata, transformando-a em uma bela joia e de grande valor. Cada pingente é criado à mão, de forma que nenhuma jamais seja idêntica à outra. Quando você compra um pingente de vidro de Murano, ou outro tipo de joia, você saberá que está recebendo uma exclusividade.

 

 

Autora: Marcela de Baumont

Via: Baumont Artisanat