Sem eufemismos, por favor!

Não é crise: é vergonha nacional.

Não é ato violento: é criminoso.

Não é desrespeito: é escárnio.

Não é jeitinho brasileiro: é corrupção.

Não é perda: é desmantelo.

Não é imunidade parlamentar: é degradação moral.

Não é acordo político: é cinismo declarado.

Não é molecagem: é patifaria.

Não é envolvimento: é implicação factual.

Não é descrédito: é obstrução da justiça.

Não é desordem: é ruína irreversível.

Não é eleição: é contaminação nas urnas.

Não é conflito: é descontentamento ético.

Não é suspeita: é comprovação dos fatos.

Não é afastamento: é o impeachment.

Autora: Marcela de Baumont

Ficha técnica de Marcela de Baumont:

Formada em 1976, pela UFRGS, na Faculdade de Comunicação Social, é bacharel em Jornalismo, Relações Públicas, Propaganda e Publicidade. Exerce a atividade de revisora desde a faculdade, na Editora e Gráfica da UFRGS, e também para escritores de livros e revistas em áreas diversas. Como revisora em Propaganda, tem trabalhado para importantes clientes:  Giovanni+DraftFCB, Wunderman, Grey, Publicis, Africa, MPM. Seu passatempo favorito é ler um bom livro e escrever suas poesias.