Erika Cerda Dunder – Psicóloga Clínica

Erika Cerda Dunder – Psicóloga Clínica

 

​Formada em Psicologia pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP), em 2003.

Estuda a Teoria do Amadurecimento Pessoal do Dr. Donald Winnicott desde 2009.

Psicóloga clínica há 12 anos.

Abordagem teórica:  Psicanálise Psicodinâmica.

 

Atendimento psicológico a crianças

Tem momentos que você tenta ajudar seu filho, pergunta insistentemente o que ocorre com ele, ele diz “nada” e sai correndo para brincar, porém, você que o conhece sabe que há algo errado. Quem sabe não é a hora de procurar ajuda profissional? Geralmente as primeiras consultas são feitas com os familiares, principalmente com quem fica a maior parte do tempo com a criança. É imprescindível para a mãe e o pai compreendererem o desenvolvimento da criança desde o seu nascimento. É a hora de tirar dúvidas, compreender e clarear os pensamentos e sentimentos de culpa. Ele pode estar vivendo um momento de dificuldade na infância e não sabe lidar com isso. Nem sempre você pode ajudar. Muitas vezes é necessário uma ajuda profissional e isso engloba ajudar também você a lidar com a dificuldade do seu filho.

A Psicoterapia Infantil é geralmente realizada com jogos, brincadeiras, desenhos, pois é o meio de comunicação da criança, como forma de se comunicar com o mundo. O psicólogo tem suas técnicas para compreender a subjetividade que está por trás dessa comunicação.

O processo frequentemente é lento como uma psicoterapia de adulto, no entanto,  a resposta infantil chega sem filtros na escuta do psicólogo. Em geral, as crianças dizem muitas coisas por meio de suas brincadeiras.

Algumas queixas atendidas na terapia infantil:

– Problemas de aprendizagem;

– Dificuldade de desfraldar;

– Dificuldade para lidar com separação (seja dos pais ou de algum luto);

– Excesso de timidez;

– Bullying (quem pratica e quem recebe);

– Comportamento antissocial;

– Estresse na infância ;

– Agitação em excesso;

– Transtorno e déficit de atenção e hiperatividade.

É necessário que durante o processo psicoterápico da criança também se incluam sessões com os pais (ou cuidadores) e, até mesmo, com outros membros da família e em visitas escolares.

 

Atendimento psicológico a adolescentes

Na adolescência, adquire-se o raciocínio abstrato, que permite pensar de modo lógico sobre as ideias e conceitos complexos… Mas se o corpo vai se desenvolvendo e a inteligência se construindo, as emoções se tornam mais complexas…” (Clara Rappaport)

A adolescência quando chega vem cheia de emoções, idealizações e, em certas vezes, com agressividade. Isso torna, muitas vezes, dificuldade para os pais poderem lidar. Enquanto as preocupações anteriormente eram de qual brinquedo levar na escola, pouco tempo à frente já existe a preocupação na escolha da profissão. Tudo isso vem misturado a afetos, crise de identidade, dificuldade na relação com os pais entre tantos.

Tempos difíceis para aquele que estava sob a proteção dos pais e, agora, parece que os pais viraram ameaça.

Algumas queixas atendidas nessa fase:

– Aprender a lidar com sentimentos;

– Conhecer-se e aceitar-se;

– Orientação profissional;

– Estresse e depressão na adolescência;

– Orientação de pais;

– Bullying;

– Descoberta da sexualidade;

– Timidez e dificuldade para se relacionar.

 

A psicoterapia com adolescentes se dá de forma também lúdica, sendo que em alguns processos são recomendados também jogos e atividades. Dentro dos assuntos tratados, também se fala sobre seus gostos pessoais diversificados, afazeres e ambiente escolar. Os pais também são incluídos no processo psicoterápico em determinados momentos e visitas escolares são muito frequentes.

 

 

Atendimento psicológico a adultos

 

Muitas vezes por ter sofrido algo na infância ou alguma situação mal resolvida até mesmo na fase adulta, o emocional fica abalado e o psicológico começa a pedir para elaborar melhor. É onde se procura a psicoterapia. Necessário romper obstáculos, enfrentar preconceitos e seguir adiante na procura do psicólogo.

Os problemas de relacionamento são um bom começo para perceber se você está repetindo situações. Então surgem tantas queixas sobre você e isso vem a entristecê-lo. Por esses motivos, é preciso entender claramente o que está ocorrendo.

Algumas queixas atendidas na fase adulta:

– Estresse, medo, ansiedade;

– Conflitos familiares e conjugais;

– Orientação e atendimento psicológico na gravidez;

– Autoconhecimento;

– Problemas com autoestima;

– Timidez;

– Problemas psicossomáticos;

– Depressão;

– Distúrbios psicopatológicos;

– Dificuldade para aceitar a terceira idade.

 

  • Atendimento a idosos.
  • Atendimento para estudantes de Psicologia, em valor diferenciado durante a graduação.
  • Parceria com empresas.

 

 

Erika Cerda Dunder

Psicóloga Clínica

CRP 06/75943

 

Contatos: (11) 98306-7107 / (11) 4228-3230

E-mail: erika_dunder@yahoo.com.br

Fanpage: facebook.com/erikadunder

 

Confira, também, os artigos da Erika Dunder:

Depressão

Quando percebo que preciso de Psicoterapia?

 

Fotos da clínica

Este slideshow necessita de JavaScript.