Endro ou dill

O endro ou dill ou aneto (Anethum graveolens) é uma planta da família das Apiáceas, ou seja, da família da salsa e da cenoura, e  originário da região situada entre o Cáucaso e o Crescente Fértil.

Seu uso remonta à época do antigo Egito e da antiga Babilônia, que posteriormente foi muito difundido na civilização grega. Muitos vinhos gregos foram produzidos com o óleo essencial do endro, no período em que os médicos tratavam os soldados feridos com as sementes de endro queimado.

Já no século XVII, o endro foi cultivado em muitas hortas da Inglaterra, sendo mais tarde levado aos Estados Unidos onde tem sido muito apreciado.

Sabor

Seu sabor assemelha-se ao limão, com um pouco de amargo e ainda doce. O aroma lembra muito o do anis, mas com notas parecidas com o aipo.

Suas sementes têm sabor semelhante e são amplamente utilizadas como tempero, muito embora suas folhas sejam bem mais saborosas.

O aroma de endro fresco também é muito mais doce do que o da sua versão seca.

Benefícios

O endro ou dill é rico em fibras vegetais, vitamina C e sais minerais (cálcio, manganês, ferro e magnésio).

Em seu óleo essencial, são encontrados elementos ativos, como  carvona, flavanoides, kaempferol, vicenina, limoneno e anethofuran.

Além disso, seus benefícios medicinais e fitoterápicos têm ações: antidiarreica, antiemética, antiespasmódica, anti-inflamatória, antisséptica, aperiente, aromática, carminativa, depurativa, digestiva, diurética, dispepsíaca, estimulante, estomáquica, galactogoga, hipnótica, laxante, resolutiva e supurativa.

Culinária

O endro é muito utilizado na culinária escandinava, como o glavlax, em que é preparado o salmão cru, sal, açúcar e dill.

Também há o dillkott, um prato à base de carne de cordeiro ou vitela cozido, muito cremoso, que é temperado com dill picado.

O dill também é muito apreciado na Índia, onde fazem aloo suva bhaji, feito de batatas temperadas.

Já os norte-americanos, têm o costume de fazer salada de batatas e peixes com dill.

No Vietnam, há um famoso prato, o cha ca thang long, que emprega dill, açafrão e galanga para temperar peixes.

Na Grécia, prepare-se um prato, o tzatziki, uma espécie de patê de iogurte com dill, que é muito refrescante.

Há ainda outras receitas que podem ser preparadas com endro ou dill, como massas e pimentões assados.