Google AdWords (Parte 4): As Conversões e o Valor de cada Conversão

Google AdWords (Parte 4): As Conversões e o Valor de cada Conversão

Dicas para otimizar suas campanhas de publicidade on-line (Parte 4): Pensei em escrever este artigo para complementar o artigo anterior – Google AdWords (Parte 3): Análise do desempenho das campanhas –,  falando um pouco mais sobre as conversões e como usar o valor das conversões nas campanhas de publicidade on-line no Google AdWords. No artigo anterior, falamos um pouco sobre campanhas de Branding e campanhas de Resposta Direta e algumas das principais métricas a serem…

Ler Mais

Cidade

Cidade

São as ruas que fartam meu olhar em meio a toda a agitação do dia. Calçadas mal traçadas em losangos, jardins com chafarizes multicoloridos. Os prédios se banham no rio, os reflexos se escondem em nuvens. Movimentos que vão e que vêm, passos largos ao atravessar a rua. Entre tantos momentos, afina-se o sorriso de pequenos meninos voltando da escola. Buzinas despertam gatos em sacadas, mangueiras se estendem sobre os canteiros. Debaixo das marquises há…

Ler Mais

Meu silêncio

Meu silêncio

Eu olho este mar de nuvens e vivencio a sensação do silêncio. Penhascos cinzentos, grandes alturas, perenes momentos. Sons no extremo da terra, luzes desbotadas alinhadas… Um fraco vento transitório, uma pequena lembrança escondida, um fragmento de entalhes coloridos. Na poeira dos pensamentos, contrastes, rumores, solidão. Falsas sustentações em desequilíbrio, uma grande comoção, um aviso. O silêncio vem, nubla o dia. As nuvens se condensam e desfalecem. Autora: Marcela de Baumont Ficha técnica de Marcela…

Ler Mais

Quintal de cores

Quintal de cores

Meu limoeiro floresceu carregado de saudade. A roseira sussurrou seu encanto de amores. A laranjeira desfolhou-se em seus momentos de alegria. Minha jabuticabeira cochichou os segredos de sua beleza. E os jacintos destilaram seu perfume por todo o jardim. Autora: Marcela de Baumont Ficha técnica de Marcela de Baumont: Formada em 1976, pela UFRGS, na Faculdade de Comunicação Social, é bacharel em Jornalismo, Relações Públicas, Propaganda e Publicidade. Exerce a atividade de revisora desde a…

Ler Mais

O velho trapiche

O velho trapiche

Ancorado na lagoa, deita suas tábuas na água… Um fim de tarde, o sol sumindo. O trapiche vestido de rusticidade, pensante do mesmo caminho entre as ruínas do porto. A chuva chega… O vento varre as estacas fincadas ao leito. Os pescadores se foram. Os peixes descansam. Uma névoa toca a areia. O velho trapiche range seus anos. Autora: Marcela de Baumont Ficha técnica de Marcela de Baumont: Formada em 1976, pela UFRGS, na Faculdade…

Ler Mais

A dama do retrato

A dama do retrato

O bronze da sepultura não a classifica: Deixa de mostrar sua pura beleza, Seus olhos azuis cristalinos, Seu sorriso ternamente moldado. Viveu com toda a simplicidade, Sonhou como princesa. Era entre todas a mais sincera, Não guardava rancor. E vendo seu retrato na parede Era como estar a seu lado ainda, E sentindo seu suave perfume De rosas mescladas a lírios e jasmins. Uma profunda sensação fica no ar, Lembrando de seu jeito feliz, De…

Ler Mais

Vila Madalena

Vila Madalena

São ruas, são praças, são vozes, canteiros abertos, sorrisos, acenos, pessoas que passam em dias pensantes de sol, em noites cintilantes de chuva, em meio aos bares, aos lares, aos passeios… Vila Madalena é pura alegria e sinfonia na vida dos velhos amigos, dos tios, dos meninos, das meninas, contando suas histórias em tempo de luz e saudade, carregando seus pensamentos em tantos ladrilhos, em muitos solares. Em jardins de jasmins e maravilhas, em creches…

Ler Mais

Os Três Reis Magos

Os Três Reis Magos

Não eram magos de magia, Magos, sim, de astronomia, Não eram videntes, mas inteligentes. Sabiam filosofia, matemática E outras ciências exatas. Calculavam distâncias e curvas do tempo Até que chegasse a uma evidência. Estudaram as profecias E foram levados pela estrela Que apontou o caminho até a estrebaria. Levaram incenso, ouro e mirra, Os elementos mais excelentes e de providência. Ao Rei dos reis entregaram E prostrados O adoraram Conhecedores que eram das sagradas letras….

Ler Mais

Rua de papelão

Rua de papelão

Queria achar uma doce rua de papelão e guardar com os brinquedos que coleciono no porão. Seria cheia de luzinhas bem divertidas, com pequenas casinhas, postes em forma de pirulito, areia de algodão-doce. Crianças de açúcar cristal e mascavo, pontes de bolacha maisena, carrinhos de chocolate. Na entrada da rua, uma guirlanda de goma, ataviada com merenguinhos. O lago construído de minúsculas carolinas, por onde navegariam barquinhos de chantily. Nuvens compostas de marshmallow, um sol…

Ler Mais
1 2 3 4 5 29