Algumas notas

Algumas notas

 

As poças d’água são espelhos

que se partiram em pedaços

e refletem todo o esplendor do céu.

 

A chuva vem sozinha:

a relva se delicia

e canta ao vê-la chegar.

 

O céu não esconde seu espanto:

a cada nuvem cinza nascida,

ele abraça mais uma névoa.

 

O sol fechou um olho

e abriu o outro.

Está em eclipse!

 

As estrelas estremecem

no vasto breu: elas todas

conspiram a nosso favor!

 

O sol namora a praia,

que suspira pelo monte,

que está apaixonado pela lua,

que se perde pelo sol.

 

Autora: Marcela de Baumont